Como solicitar crédito emergencial para pequenas e médias empresas

ANÚNCIO

É notável que em algumas cidades brasileiras, nos deparemos com alguns estabelecimentos fechados. Muitos empregadores não conseguem arcar com os custos de suas empresas, bem como não conseguem pagar seus funcionários.

Sabemos que são os pequenos e médios negócios que sustentam boa parte da economia do país, bem como são as instituições que mais oferecem oportunidade de trabalho. Por isso, é muito importante adotar medidas que ajudem essas empresas.

ANÚNCIO

É válido que o governo tanto em âmbito nacional como estadual e municipal, voltem sua atenção para estes empreendedores. E isso tem sido feito através das liberações de créditos emergenciais para pequenas e médias empresas.

crédito emergencial
Foto: Reprodução/internet

Recentemente foi criada uma nova linha de crédito para auxiliar os pequenos e médios empresários do país. Confira todas as informações, inclusive, como solicitar os valores do incentivo governamental.

Linha de crédito liberada

No mês de abril, foi anunciado pelo governo federal a liberação de recursos financeiros para auxiliar alguns negócios do país. Em meio a pandemia que assolou o país desde o final de fevereiro, todas as empresas sofreram com os impactos econômicos.

ANÚNCIO

Os pequenos e médios empresários chegaram em um nível de escassez que afetou diretamente o pagamento de seus funcionários. Com ciência desses acontecimentos, o Governo Federal, por meio do Ministério da Economia, tomou algumas providências.

Através da Medida Provisória assinada pelo Presidente da República, o valor de 40 bilhões de reais irá ser destinado às instituições bancárias, com a finalidade de possibilitar a solicitação de créditos para os pequenos e médios negócios.

Como solicitar crédito emergencial para pequenas e médias empresas
Foto: Reprodução/internet

O valor anunciado é voltado para que os empregadores possam honrar com a folha de pagamento de seus empregados. No entanto, este recurso não será oferecido para o ano inteiro,  período máximo é de 2 meses.

Quais empresas têm direito?

Não são todas as empresas que possuem a oportunidade de pedir pelo crédito emergencial. Ele é voltado para companhias que lucrem no mínimo 360 mil reais e no máximo 10 milhões de reais. Esse valor deve corresponder ao faturamento anual da instituição.

Outro ponto que é necessário deixar claro. De acordo com o portal G1 , o valor recebido não pode ter outras destinações. A Medida Provisória deixa claro que a linha emergencial é exclusivamente para os salários dos trabalhadores que prestam serviços a estas empresas.

Como solicitar?

Infelizmente, não há uma forma online de fazer o requerimento do empréstimo. É necessário procurar o gerente do banco contratado pela sua empresa. Uma observação importante, certificar-se que sua empresa não tem restrições no CNPJ ou dívidas da previdência.

De acordo com a Receita Federal, caso a pessoa jurídica tenha qualquer acerto para fazer é necessário fazê-lo antes de ir ao banco para requerer a linha de crédito. Isso é apontado pelo banco, pois é feita a conhecida análise de crédito.

Conheça as condições da Caixa Econômica

Em uma parceria feita do banco com o Sebrae, os micros e pequenos negócios tiveram acesso ao procedimento de empréstimo, ainda no mês de abril. Diferente das condições anunciadas pelo governo, a Caixa disponibiliza o crédito para empresas que faturem até 4,8 milhões de reais.

Como solicitar crédito emergencial para pequenas e médias empresas
Foto: Reprodução/internet

Essa exigência abarca empresários individuais de pequeno porte. O lucro obtido por ano não pode ultrapassar o valor de 81 mil reais. Já os microempresários podem ter um faturamento de até 360 mil.

E por fim, as pequenas empresas que lucram de 360 mil até 4,8 milhões de reais também podem recorrer ao crédito emergencial. De acordo com o Nubank, a última condição estipulada é a empresa ter 1 ano de faturamento e não ter restrições em seus registros.

Saiba como obter o crédito emergencial do Sebrae

Os empresários do ramo agroindustrial agora tem a opção de requisitar ajuda financeira junto ao Sebrae. Basta preencher os requisitos descritos no tópico anterior e realizar um passo a passo que vamos apresentar aqui.

A primeira coisa que o interessado precisa fazer é um breve cadastro na página oficial do Sebrae. As instruções disponibilizadas no site deixam claro que para ver o vídeo de orientações é necessário fazer o registro.

Outra recomendação dada é que o empresário precisa aguardar um prazo de 72 horas depois de assistir ao vídeo. Isso é indispensável para prosseguir as demais etapas. São disponibilizadas duas opções ao solicitante: pré-cadastro ou ir a uma agência da Caixa.

Aconselhamos que faça o cadastro prévio de forma online, com este link você terá acesso á página inicial do empréstimo para Capital de Giro da Caixa. Observe como irá aparecer na sua tela:

Como solicitar crédito emergencial para pequenas e médias empresas
Foto: Reprodução/internet

Após clicar no campo “Tenho Interesse”, o sistema vai te encaminhar a uma aba de preenchimento de alguns dados como CPF, nome completo e informações referente à Pessoa Jurídica. Após cumprir com todas as exigências, aguarde a instituição entrar em contato para finalizar a operação.

Taxas e Juros

De acordo com o anunciado pelo governo, o crédito emergencial para folha de pagamento cobrará o valor anual de 3,75%, referente às taxas de juros. Já para a linha de crédito solicitada junto a Caixa e ao Sebrae incidem conforme o valor do crédito solicitado.

Também irá depender do porte econômico de cada empresa solicitante. Os juros variam de 1,19% a 1,59% a.m.

Central de Atendimento

Caso deseja obter mais esclarecimentos sobre a linha de crédito da Caixa Econômica Federal, recomendamos que entre em contato com a Central de Atendimento. Isso possível através do seguinte número: 0800 570 0800.

ANÚNCIO