Economia do Brasil se recupera no terceiro trimestre

Muitos atribuem o desempenho aprimorado a pagamentos em dinheiro definidos para expirar no final deste mês

A economia brasileira se recuperou no terceiro trimestre, aumentando as esperanças entre os legisladores de que o desempenho do país durante a crise do coronavírus será melhor do que o inicialmente esperado.

A maior economia da América Latina cresceu 7,7% em comparação com o segundo trimestre, quando encolheu 9,7% – maior do que a perda total em qualquer uma das nove recessões que atingiram o Brasil nos últimos 40 anos.

Em comparação com o mesmo trimestre do ano passado, o produto interno bruto encolheu 3,9%. A maioria dos economistas agora acredita que o país terminará o ano com um declínio anual de cerca de 5%.

Isso seria uma melhoria em relação às previsões anteriores de uma contração de 8% e uma contração de 9% pelo Banco Mundial e FMI, respectivamente, e representaria um dos melhores desempenhos em uma região que foi duramente atingida pela Covid-19. A vizinha Argentina deve encolher 7,3, de acordo com dados do Banco Mundial, enquanto o México enfrenta uma contração de 7,5%.

“As medidas econômicas que tomamos para combater os efeitos da pandemia ajudaram muito a economia brasileira. Quando olhamos para o próximo ano, temos força para ter um bom ano – algo em torno de 3% de crescimento ”, disse Adolfo Sachsida, secretário de Economia Política do Ministério da Economia.

“O terceiro trimestre foi impulsionado pela indústria e pelo comércio. O importante agora é a recuperação dos serviços. E estão se recuperando passo a passo e isso se verá nos números do último trimestre do ano ”.

Economia do Brasil se recupera no terceiro trimestre
Foto: (Reprodução/Internet)

Muitos economistas atribuem o desempenho do Brasil melhor do que o esperado à distribuição de pagamentos em dinheiro às pessoas durante a crise do coronavírus. Entre abril e setembro, o governo distribuiu R$600,00 por mês para alguns dos cidadãos mais pobres do país – às vezes valendo mais do que seu salário normal. O valor foi reduzido para R$300,00 a partir de setembro e expira após este mês.

O programa aumentou a popularidade do presidente Jair Bolsonaro, mas abriu um buraco nas já instáveis ​​finanças do Brasil. Com a expectativa de que a proporção da dívida pública em relação ao PIB atinja 95% este ano, os investidores estão cada vez mais alertando sobre a sustentabilidade da posição fiscal da economia emergente.

Veja também: Para o bem da sua empresa, se adapte ao e-commerce

Traduzido e adaptado por equipe Dinheirao.

Fonte: Financial Post