O isolamento social atingiu as escolas, mas a Maple Bear não apenas sobreviveu, como cresceu

Este ano a marca fez sua entrada no Peru e na Colômbia, apesar da pandemia. Sua estratégia: adaptar-se ou morrer.

Manter um crescimento constante e superar qualquer previsão pessimista era o objetivo de muitas empresas e franquias no México e em todo o mundo. No entanto, hoje sabemos que muitos não conseguiram. O que fizeram aqueles que podiam fazer? Quem superou expectativas negativas e conseguiu manter seus planos de expansão com certeza tem um segredo para nos contar e o que seguir.

Uma das franquias que conseguiu manter o crescimento e a inauguração de novas unidades é a Maple Bear, rede de escolas bilíngues que funciona no modelo canadense. A empresa vai abrir quatro novas escolas no México até 2021 e, neste ano, ingressou no Peru e na Colômbia. Como fazer isso? A chave tem sido o relacionamento com seus franqueados e a adaptação às circunstâncias para manter seu sistema de prospecção e fechamento.

É preciso reconhecer as equipes

“Nos negócios, é preciso reconhecer que as equipes são as que ajudam a avançar, contanto que tenham um líder que as acompanhe e as oriente corretamente. Treinar e estar em dia com tudo o que é necessário é o que ajuda o franqueador a fidelizar seus franqueados ”, explica Mateo Cuadras, diretor de expansão para a América Latina da Maple Bear.

Não basta acompanhar o cumprimento do manual de operações e de todas as condições que a franquia considera, é necessário acompanhar o franqueado nos diversos processos e, sobretudo, apoiá-lo em situações extraordinárias. E uma pandemia como a que estamos vivenciando é, e nenhum de nós estava preparado, aliás, nem imaginávamos que poderíamos vivenciar algo assim.

Além de antecipar o lançamento de sua plataforma digital e disponibilizá-la gratuitamente a cada um de seus franqueados, para que cada escola Maple Bear pudesse oferecer cursos online aos seus alunos, a marca gerou um treinamento intensivo para seus investidores e pais de familiares e professores. Com isso, além de garantir o cumprimento integral do modelo educacional, estreitou laços com toda a sua gente.

O isolamento social atingiu as escolas, mas a Maple Bear não apenas sobreviveu, como cresceu
Foto: (Reprodução/Internet)

“Nossa rede de franqueados é essencial para crescer em todo o mundo. Graças a ela, entramos em países da América Latina, Europa e Ásia, enquanto o modelo que nos caracteriza vai se difundindo. Temos que garantir que haja proximidade e relação entre os alunos e a escola, e que nossa rede saiba como promover e impulsionar as matrículas online, por exemplo ”, acrescenta Cuadras.

Capacitação e adaptação

Além de disponibilizar os recursos para manter a franquia funcionando, bem como os treinamentos constantes que oferece, a empresa aprendeu a se adaptar e até mudou na forma de apresentar sua franquia, já que sendo uma rede de escolas, geralmente é feita uma tour para conhecerem as instalações. Hoje, essas visitas são feitas virtualmente e têm tido o mesmo sucesso.

Vale ressaltar que em tempos de COVID-19, o monitoramento que as empresas fazem de suas franquias é imprescindível, pois devem não só acompanhar as condições exigidas pela nova norma, mas também cumprir as diretrizes governamentais de cada região, as condições de espaço e tempo a serem respeitadas, entre outras. No caso de uma escola, o cuidado torna-se ainda mais importante para a população que frequenta.

Então, lembre-se, a chave do sucesso é o trabalho em equipe, a capacidade de adaptação e, acima de tudo, ser um líder que apóia seu povo, pois sabe que sem eles o negócio pode entrar em colapso e é isso que não se quer.

Veja também: Estabilização do Real alivia pressão inflacionária, disse presidente do Banco Central

Traduzido e adaptado por equipe Dinheirao.

Fonte: Entrepreneur