Como realizar o consórcio Yamaha Fazer 250: valores e benefícios

Com o crescimento do desemprego, uma ótima opção para ter uma fonte de renda ou apenas para completar a renda, é ser um entregador de aplicativos, como Uber Eats ou iFood. Para isso, uma moto pode ser bem útil. Neste mercado, uma das marcas mais utilizadas é a Yamaha.

Dentre as opções oferecidas pela montadora, uma ótima opção que pode servir tanto para fazer as entregas, como para poder dar uma volta pela cidade, é o modelo Fazer 250. Para comprar, você pode optar por um consórcio que, inclusive, a própria Yamaha oferece.

Uma das grandes vantagens da moto em relação aos carros, é a questão da economia do combustível. Afinal, enquanto um carro que faz 15 Km/L é considerado econômico, uma moto tem um consumo médio de 30 Km/L. Ou seja, a motocicleta roda o dobro com a mesma quantidade de combustível.

Yamaha Fazer 250 ABS - Evolução da espécie - Roda Rio
Fonte (Reprodução/internet)

Mas, como funciona exatamente o consórcio? A seguir, você vai descobrir qual o valor final e se realmente vale a pena optar por esta alternativa de pagamento da moto. Portanto, continue com a gente e descubra!

Yamaha Fazer 250 ABS: vantagens

Que tal uma moto com conforto, economia e um desempenho satisfatório, além de um visual mais esportivo? Essa é a Yamaha Fazer 250 ABS. Ela possui as cores Racing Blue, Black Elipse e agora também tem a cor Vermelho Magna.

ANÚNCIO

A moto possui uma garantia de quatro anos pela própria Yamaha, sendo uma ótima opção para quem almeja uma motocicleta mais potente. Porém, ela só é mais potente quando comparada a outros modelos básicos que estão disponíveis no mercado.

Além disso, ela vem com um painel digital com diversas funcionalidades, um farol de LED e uma lanterna traseira sobre o paralama. Seguindo a tendência atual, o paralama desta moto é bem bonito e destacado.

Consórcio Yamaha

No site da própria Yamaha, há uma opção onde é possível ver as opções de consórcio que a montadora oferece. A respeito da Fazer 250, há duas opções de consórcio. O primeiro é o plano nacional, que é mais simples, ou o plano top. A diferença é que no plano top é possível usar o saldo para cobrir taxas, como a do emplacamento por exemplo.

Em cada um dos planos, há 5 opções de prazo para o cliente escolher, com valores diferentes. Veja:

Plano Nacional (crédito de R$ 18.716,00)Plano Top (crédito de R$ 20.175,00)
25 x de R$ 884,8225 x de R$ 953,80
36 x de R$ 643,4036 x de R$ 693,56
50 x de R$ 474,1150 x de R$ 511,07
60 x de R$ 405,9060 x de R$ 437,53
72 x de R$ 350,9072 x de R$ 378,25

Financiamento da moto

Outra opção para a compra de uma moto, é um financiamento. No site da BV Financeira, é possível fazer a simulação de forma bem simples e prática. Quando entrar no site, terá que preencher um pequeno formulário, com ano, marca e estado do veículo.

Quando a versão da moto é inserida, o próprio sistema já preenche o valor da moto que, no caso da Yamaha Fazer 250 ABS, é aproximadamente R$ 17.900,00. O site também já preenche o valor médio de entrada, que no caso é de aproximadamente R$ 3.580,00.

Posteriormente, será necessário preencher as suas informações pessoais e aceitar os termos. Então, aparecerá 5 opções de prazo e, também, a alternativa de contratar com ou sem um seguro de proteção financeira. As parcelas ficam da seguinte forma:

Com seguroSem seguro
6 x de R$ 3.011,746 x de R$ 2.846,79
12 x de R$ 1.643,5612 x de R$ 1.553,54
24 x de R$ 943,4624 x de R$ 891,79
36 x de R$ 719,0236 x de R$ 679,64
48 x de R$ 613,5848 x de R$ 579,97

Comparativo final

Comparando o consórcio no Plano Nacional com esse financiamento da BV Financeira, temos uma diferença considerável no preço. Enquanto o financiamento em 48x fica no total de R$ 27.838,56, o consórcio no plano nacional em 50x fica R$ 23.705,50.

Então, é uma diferença de R$ 4.133,06 que precisa ser levada em consideração. Isso sem contar que, no consórcio, existe a possibilidade de ser sorteado no meio do período estipulado para o pagamento.

Contudo, no consórcio você terá a moto apenas quando este sorteio acontecer ou quando acabar de pagar. Já no financiamento aprovado, em um mês já estará rodando com a moto. Logo, caso esteja com pressa, pode valer a pena pagar a diferença no preço. Mas, se puder esperar, o consórcio pode ser uma melhor opção.

ANÚNCIO