Veja por que não devemos parar de escrever à mão

Descubra aqui alguns motivos para nunca parar de fazer isso.

Quando escrevemos à mão, ativamos três regiões do cérebro: a visual, a motora e a cognitiva. Sabemos que hoje em dia a maioria escreve seus textos com o apoio de um teclado, porém, quando o fazemos manualmente, muitas redes neurais são ativadas que nos ajudam a ter uma melhor capacidade cognitiva.

Escreva seus contratos manualmente. Faça um esboço dos vários serviços que você está criando manualmente. Coloque a maior meta do seu dia no papel.

A escrita à mão nos permite ter um aprendizado que é essencial em nossas vidas tanto como crianças quanto como adultos. Isto é, o desenvolvimento prático de habilidades motoras finas, coordenação olho-mão, desenvolvimento da pinça e controle motor (que é usado para apertar, conectar um cabo ao plugue, beber um copo d’água, etc.). Também nos ajuda a memória prospectiva e de trabalho, estimula mais o cérebro ativando áreas como o olfato dependendo do material que estamos usando para escrever como papel ou toque ao tocar.

É uma arte que infelizmente estamos vendo se perder com o passar do tempo. Fazer isso serve como um gatilho emocional, pois facilita a liberdade de expressão sem limites ou restrições. Ajuda-nos a organizar ideias, estimula a nossa criatividade e ajuda-nos a esclarecer e tirar dúvidas.

Veja por que não devemos parar de escrever à mão
Foto: (Reprodução/Internet)

Se o que foi dito acima parece pouca motivação para começar a fazê-lo. Você tem que saber que ativamos nossa memória semântica. Esse super lugar onde armazenamos todo o conhecimento do mundo e do nosso mundo; Isso ocorre porque o processo de escrever é mais do que apenas fazer uma nota com um lápis no papel. 

Quando escrevemos à mão também pensamos em como a palavra está escrita, onde tem acentos, como devemos escrevê-la, o que queremos dizer, o que significa e para onde se move nossa mão ao fazê-lo. Algo que perdemos cada vez mais porque existe o corretor ortográfico em smartphones e computadores.

Quando você se sentir muito estressado, nervoso, ansioso ou confuso, escreva à mão. Ao fazer isso, você se concentra em algo externo que tira o foco do que o mantém naquele estado ou também servirá como catarse, “removendo” de você os pensamentos que não o deixam sozinho e o ajuda a se concentrar em outra coisa.

Escreva à mão. Ative suas funções executivas, como planejamento, flexibilidade. Risco de cometer erros. Isso o ajudará a moldar projetos de trabalho e manter uma ideia em execução na mente e em seu trabalho.

Expresse-se e crie com suas próprias mãos!

Veja também: Como proteger sua privacidade na internet

Traduzido e adaptado por equipe Dinheirao.

Fonte: Entrepreneur